Cidades do litoral norte contabilizam mais de dois mil casos de dengue

20/03/2015 16h00 – Atualizado em 20/03/2015 16h12

Caraguatatuba decretou estado de emergência e calamidade pública.
Número de casos em São Sebastião triplicou em uma semana.

Do G1 Vale do Paraíba e Região

Dengue genérica (Foto: Divulgação/Prefeitura de São José dos Campos)Caraguá investiga três mortes por suspeita de
dengue. (Foto: Divulgação/Prefeitura SJC)

As quatro cidades do litoral norte contabilizam, juntas, mais de dois mil casos de dengue neste primeiro trimestre. A recordista de casos confirmados da doença é Caraguatatuba, com 1.242 ocorrências.

A cidade decretou estado de emergência e calamidade pública. Uma morte por dengue hemorrágica foi confirmada e outras três estão sendo investigadas.

A maioria dos infectados têm entre 26 a 40 anos de idade, são mulheres e moram nos bairros Jaraguazinho, Travessão e Perequê Mirim.

A situação também é preocupante em São Sebastião. Em uma semana os casos de dengue triplicaram no município, passando de 226 ocorrências para 682. O número já é 32 vezes maior que no mesmo período de 2014. Neste ano são 682 casos contra 21 de janeiro a março de 2014.

A cidade não decretou epidemia. O Diretor de Vigilância em Saúde, Givanildo Tavares, diz que além do clima desta época do ano, outros fatores influenciam neste aumento. “É importante enfatizar que ter o município ao lado em epidemia e a nossa unidade de pronto-socorro ser próxima entre os limites entre as duas cidades, os pacientes acabam vindo  ser atendidos na nossa cidade. Há também questões climáticas, aumento do calor, chuvas excessivas, tudo isso é propício para aumento da proliferação do mosquito”, justificou.

Ele disse que foi feita uma capacitação com o pessoal da saúde para aprimorar as notificações. Os hospitais passaram a notificar de forma mais eficiente e a vigilância passou a receber mais casos também.

Em Ilhabela e Ubatuba o número de casos da doença é menor se comparado às outras cidades. Ilhabela registrou 86 casos. Ubatuba é a cidade do litoral com menos registro de ocorrência, são 77. As duas cidades não registraram nenhuma morte suspeita. Somando as quatro cidades há 2.087 casos confirmados da doença.