Descarte irregular de óleo de cozinha gera preocupação no litoral de SP

Sabesp conta com pontos de coleta para evitar contaminação do ambiente.
Companhia promove palestras em escolas para conscientizar as crianças.

Rodrigo Martins Do G1 Santos

Sabesp orienta pessoas a fazer corretamente o descarte do óleo de cozinha (Foto: Rodrigo Martins/ G1)Sabesp orienta pessoas a fazer corretamente o descarte do óleo de cozinha (Foto: Rodrigo Martins/G1)

O descarte irregular de óleo de cozinha é uma preocupação para os responsáveis pelas redes de esgoto da região. Para evitar a contaminação de litros e mais litros de água, a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) conta com pontos de coleta de óleo de cozinha já utilizado, visando evitar que a população cometa erros no descarte do produto.

Segundo a analista de gestão da Sabesp, Marlene dos Santos Braz, a empresa possui um projeto, o Programa de Reciclagem de Óleo de Fritura (PROL), que visa reforçar a importância de que o óleo não seja despejado na rede de esgoto. “É um programa que existe desde 2008, pois a nossa preocupação é diminuir o impacto que o óleo descartado pode causar no ambiente. Isso também destrói o solo e pode contaminar a água. Também sofremos com problema de entupimento e o desperdício desse óleo causa prejuízos para a população”, diz.

Segundo Marlene, para cada litro de óleo descartado indevidamente na natureza, são contaminados 25 mil litros de água de rios, lagos, córregos e praias. Além disso, a tubulação de esgoto também é danificada, causando entupimentos e até refluxo para dentro dos imóveis. A companhia promove palestras em escolas, procurando conscientizar também a população infantil sobre a importância de que esse descarte seja feito de maneira correta.

Além disso, existem pontos para o descarte de óleo de cozinha usado nas nove cidades da Baixada Santista. “Temos esses pontos de coleta e avisamos as pessoas sobre eles. Por meio desses postos, levamos o óleo para reciclagem, pois também nos preocupamos com a destinação do óleo”, conclui Marlene.

Confira os postos de coleta de óleo de cozinha:
Santos: Avenida São Francisco, 128
São Vicente: Avenida Antonio Emerich, 528
Praia Grande: Rua João Sampaio, 126
Cubatão: Rua Bernardo Pinto, 395
Guarujá: Avenida Leomil, 1.055
Bertioga: Rua Manoel Gajo, 1.155
Mongaguá (Mongaguá Praia Shopping): Praça Jacoub Koudjian, 167, piso 3
Itanhaém: Rua Urcezino Ferreira, 280
Peruíbe: Avenida 24 de Dezembro, 31