Especialista destaca cuidados com o sol e dicas a serem adotadas no verão

Protetor solar e ingestão de água são fundamentais, diz médica esteticista.
Doenças de pele são comuns durante esta época do ano.

Rodrigo Martins Do G1 Santos

Jovem aproveita para colocar o bronzeado em dia (Foto: Ivair Vieira Jr/G1)Na praia, pessoas ficam expostas à ação dos raios solares (Foto: Ivair Vieira Jr/G1)

Com o sol forte e as altas temperaturas do verão, as pessoas devem tomar alguns cuidados para não terem problemas de pele na estação mais quente do ano. O G1 ouviu a médica esteticista Fernanda Nassar, que ressaltou algumas medidas que podem ser aplicadas por quem não quer ter esse tipo de problema durante o verão.

A especialista conta que alguns cuidados são simples. “O filtro solar deve ser utilizado com o fator de proteção mínimo 15, que deve ser aplicado a cada duas horas e repassado toda vez que a pessoa entrar na água, seja ela doce ou salgada. Também é importante não tomar sol no período das 10h às 16h”, diz.

Fernanda Nassar explica cuidados necessários durante o verão (Foto: Rodrigo Martins/ G1)Fernanda Nassar explica os cuidados necessários
durante o verão (Foto: Rodrigo Martins/G1)

Fernanda explica ainda que a radiação solar causa efeitos nocivos a quem exagera na exposição. “A gente orienta porque a exposição excessiva ao sol causa envelhecimento precoce, aparecimento de manchas na pele e, em casos mais extremos, o câncer de pele. É uma doença de difícil tratamento e de controle complicado. Por isso, tudo pode ser evitado com o ato de passar o protetor solar”, afirma.

A esteticista destaca que, mesmo em dias nublados, os cuidados não devem ser dispensados por quem está na praia. “Mesmo em dias nublados, é importante passar o protetor, porque a nuvem não barra a radiação. É fundamental ter esse cuidado. Além disso, sabemos que a radiação da iluminação em ambientes fechados também pode causar o envelhecimento cutâneo”, conta.

No entanto, Fernanda, que é proprietária de uma clínica de estética em Santos, no litoral de São Paulo, ressalta que o sol é importante para a saúde. “O sol tem vitamina D, fator que melhora a qualidade de vida. Funciona até mesmo como um anti-depressivo e evita algumas doenças ósseas, recorrentes principalmente nas mulheres”, exemplifica.

Porém, se a pessoa sentir problemas resultantes da exposição excessiva ao sol, não deve hesitar em procurar um especialista. “Tem que procurar imediatamente um profissional, para conseguir tratar essas alterações cutâneas. Essas intercorrências podem ser tratadas de maneiras diferentes. Manchas, rugas e qualquer tipo de lesão têm tratamentos específicos e se fazem necessários cuidados especiais”, ressalta.

Além dos cuidados com o sol, a especialista lembra que é importante que as pessoas se mantenham hidratadas durante o dia. “É importante manter uma hidratação boa, bebendo líquido no mínimo de duas em duas horas. Pode ser chá, água ou suco. A hidratação da pele, usando produtos hidratantes, também é fundamental”, conclui.

Calor leva milhares de pessoas às praias de São Vicente, no litoral de SP (Foto: Ivair Vieira Jr/G1)Calor leva pessoas a se banharem no mar; protetor precisa ser aplicado (Foto: Ivair Vieira Jr/G1)